Resumo Trabalho

ESTUDANTE DE ENFERMAGEM NA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA EM IDOSOS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

MELEA CORALIA HERCULANO DE LIMA, ANA LÚCIA DA SILVA, WEDJA MARIA DA SILVA e orientado por TAIANNE MAYARA DA SILVA

INTRODUÇÃO: O BRASIL VEM PASSANDO POR MODIFICAÇÕES NO SEU PERFIL DEMOGRÁFICO EM RELAÇÃO À POPULAÇÃO IDOSA, CONTANDO PRESENTEMENTE COM MAIS DE 20 MILHÕES DE BRASILEIROS COM IDADE IGUAL OU SUPERIOR A 60 ANOS, REPRESENTANDO CERCA DE 10% DA POPULAÇÃO TOTAL. ESTE FATO NOS TRAZ A CONSCIÊNCIA QUE COM O CRESCIMENTO DESTA POPULAÇÃO TAMBÉM AUMENTA AS OCORRÊNCIAS DE ENFERMIDADES DEGENERATIVAS E MUDANÇAS IMUNOLÓGICAS NESTA FAIXA ETÁRIA. UMA DOS MAIS IMPORTANTES MEIOS QUE CONSERVAM A QUALIDADE DE VIDA DO INDIVIDUO É A IMUNIZAÇÃO, UMA ATITUDE DE PREVENÇÃO E CONTROLE DE INFECÇÕES GERADO POR AGENTES IMUNIZÁVEIS. OBJETIVO: RELATAR AS EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS POR ESTUDANTES DE ENFERMAGEM NA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA EM IDOSOS. METODOLOGIA: ESTUDO DESCRITIVO, RELATO DE EXPERIÊNCIA, ATRAVÉS DE ATIVIDADES DESENVOLVIDAS RELACIONADAS À SAÚDE DO IDOSO, EM PARTICULAR A VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA, DURANTE O ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO I, II E III, NO 9ª PERÍODO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DA FACULDADE ESTÁCIO DE ALAGOAS- FAL. RESULTADO E DISCUSSÃO: NO PERÍODO DA CAMPANHA DE VACINAÇÃO, OS ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM AJUDAVAM E AUXILIAVA A ENFERMEIRA DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE, DUAS VEZES NA SEMANA NA ADMINISTRAÇÃO DAS VACINAS. FORAM REPASSADAS VÁRIAS ORIENTAÇÕES PELA PROFESSORA SUPERVISORA DO ESTÁGIO TAIS: ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE OS EFEITOS COLATERAIS DA VACINA, A PRÁTICA NA ADMINISTRAÇÃO. CONSIDERAÇÕES FINAIS: ATRAVÉS DA REALIZAÇÃO DESTE ESTUDO, PERCEBE-SE A IMPORTÂNCIA DA VACINAÇÃO NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS GERADAS POR AGENTES IMUNIZÁVEIS, ASSIM, REDUZINDO OS GASTOS COM INTERNAÇÕES HOSPITALARES, TRATAMENTO COM MEDICAMENTOS E DIMINUIÇÃO DE MORTALIDADES NA POPULAÇÃO IDOSA.

Veja o artigo completo: PDF