Resumo Trabalho

DIALOGANDO SOBRE AUTOCUIDADO EM SALA DE ESPERA PARA CONSULTA DE ENFERMAGEM À/AO IDOSA/O

MAURIZENE RODRIGUES SILVA, HELENA VITÓRIA SILVA PINHEIRO, JÚLIA BUONAFINA DA SILVA, MARÍLIA JULIANE PEDROSA GURGEL e orientado por FÁBIA MARIA DE LIMA

A VELHICE É UMA ETAPA DO DESENVOLVIMENTO HUMANO DECORRENTE DO AVANÇO DA IDADE CRONOLÓGICA QUE DESENCADEIA UM PROCESSO DE MATURAÇÃO BIOLÓGICA E NATURAL NO CURSO DE VIDA. AS ALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS DECORRENTES DA SENESCÊNCIA PODEM AFETAR O EQUILÍBRIO HÍDRICO NESSA POPULAÇÃO, AUMENTANDO A SUSCETIBILIDADE À DESIDRATAÇÃO. LOGO, O ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL É INDISSOCIÁVEL DA EXISTÊNCIA DE CONDIÇÕES BIOLÓGICAS, PSICOLÓGICAS E SOCIAIS FAVORÁVEIS AO EXERCÍCIO DO AUTOCUIDADO PARA A SAÚDE. DIANTE DO EXPOSTO, ESTE ESTUDO TRAZ O ENFOQUE NA EDUCAÇÃO PARA O AUTOCUIDADO DOS IDOSOS, VISTO QUE É UM CAMINHO PARA CONTRIBUIR NA PRESERVAÇÃO DA SUA AUTONOMIA, QUE SE REFLETE NA MANUTENÇÃO DE SUA CAPACIDADE FUNCIONAL, MENTAL E COGNITIVA, DIRECIONANDO-OS POSITIVAMENTE ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO EM SAÚDE. ESTUDO REALIZADO POR ACADÊMICAS DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO (FENSG-UPE) EM JUNHO DE 2019 NO AMBULATÓRIO DE GERIATRIA DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO OSWALDO CRUZ (HUOC), NA CIDADE DO RECIFE/PE, COM 17 IDOSAS/OS E 4 CUIDADORAS/ES, COM OS QUAIS FORAM TRABALHADAS DINÂMICAS RELACIONADAS A TEMÁTICA, POR MEIO DA EDUCAÇÃO EM SAÚDE E EMPODERAMENTO DOS SUJEITOS ACERCA DA PROMOÇÃO DO SEU AUTO CUIDADO. NESSE CONTEXTO, AS DINÂMICAS E OS DEBATES PROPORCIONARAM MOMENTOS DE TROCAS DE EXPERIÊNCIAS E A CRIAÇÃO DE VÍNCULOS. BEM COMO, TROUXE À DISCUSSÃO A RELEVÂNCIA DO PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM E SUA NA ATUAÇÃO COMO EDUCADOR EM SAÚDE. SENDO ASSIM, ESTE NECESSITA DE CONHECIMENTOS E HABILIDADES ESPECÍFICOS ACERCA DO CUIDADO DO IDOSO, A FIM DE GARANTIR UMA MELHOR PRESTAÇÃO DESSE CUIDADO.

Veja o artigo completo: PDF