Resumo Trabalho

INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM NA ATENÇÃO BÁSICA QUANTO À PREVENÇÃO AO CÂNCER DE PELE NÃO MELANOMA EM IDOSOS

WIZIANE SILVANEIDE CLEMENTINO DA SILVA e orientado por PAULA BEATRIZ DE SOUZA MENDONÇA

O CÂNCER É UMA DOENÇA CARACTERIZADA PELO CRESCIMENTO EXACERBADO DAS CÉLULAS PODENDO ALASTRAR-SE PARA OUTROS ÓRGÃOS E TECIDOS (METÁSTASE). O CÂNCER DE PELE NÃO MELANOMA É O TIPO DE CÂNCER MAIS COMUM NO BRASIL CONTENDO COMO UNS DOS FATORES DE RISCO A IDADE E A EXPOSIÇÃO PROLONGADA AO SOL. OS IDOSOS, MEDIANTE A LONGEVIDADE, APRESENTAM MAIOR SUSCETIBILIDADE PARA ADQUIRIR O CÂNCER DE PELE. EM FACE DESSA REALIDADE, FAZ-SE NECESSÁRIO A INTERVENÇÃO DA ENFERMAGEM DIRECIONADA A PREVENÇÃO, COM A DISSEMINAÇÃO DA INFORMAÇÃO, ATUAÇÃO NA DETECÇÃO PRECOCE DE SINAIS INDICATIVOS DA DOENÇA, BEM COMO PROCEDER PELA ORIENTAÇÃO ADEQUADA. TRATA-SE DE UMA REVISÃO NARRATIVA DA LITERATURA POR MEIO DE ABORDAGEM QUALITATIVA TENDO COMO PRINCIPAIS RESULTADOS: OS IDOSOS POSSUEM SISTEMA IMUNE E TEGUMENTAR DIFERENTE, ALÉM DE SOFREREM CONSEQUÊNCIAS DE FATORES AMBIENTAIS COMO EXPOSIÇÃO AO SOL; A ENFERMAGEM DEVE INTERVIR POR MEIO DA EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA ATENÇÃO BÁSICA, ALÉM DE OFERECER UMA ASSISTÊNCIA HUMANIZADA; POSSUIR CONHECIMENTO DE LESÕES PRÉ-MALIGNAS PARA OBTENÇÃO DE PREVENÇÃO CONSIDERÁVEL E UTILIZAÇÃO DA REGRA ABCDE POR INTERMÉDIO DO EXAME FÍSICO.

Veja o artigo completo: PDF