Resumo Trabalho

COMEMORAÇÃO DO DIA DO IDOSO NUMA COMUNIDADE RELIGIOSA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

BRUNA SIMÕES ROMEIRO, THAÍS MANUELLA FERREIRA , THAÍS CAVALCANTE SANTOS DE SOUSA, MARIA MILDE NOIA LYRA e orientado por CARLA MARIA LOPES DOS SANTOS e orientado por CARLA MARIA LOPES DOS SANTOS

Introdução: A religião sempre teve papel importante no equilíbrio da humanidade, por estabelecer regras e valores a serem seguidos que orientam o comportamento e as relações pessoais. Acredita-se haver relação entre religiosidade e diminuição do sofrimento físico e psíquico, fazendo aumentar o bem-estar, trazendo explicações sobre o sentido da vida e morte, ocasionando redução nos níveis de depressão e angústia1-2. Pondera-se que com o início da meia idade, as pessoas tendem a dar menos importância a situações sociais, ligadas apenas as relações socioeconômicas e financeiras e valorizem as práticas pessoais, familiares e religiosas. Onde a religião ocupa posição de destaque, sendo reconhecida como fonte de apoio, pois ajuda a encontrar um sentindo em situações negativas e aceitar a si mesmos. Entre os idosos praticantes, observa-se maior autoconfiança, felicidade, capacidade de adaptação, enfrentamento e sentimento de inclusão social4. METODOLOGIA: Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, descritiva e de campo, baseada em relato de experiência ocorrido no ano de 2017 na Igreja Nossa Senhora do Carmo, localizada em Maceió-AL. O relato foi da vivência em um dia comemorativo ao idoso e aprofundamento no tema por meio de pesquisa de artigos em bases de dados online. RESULTADOS E DISCUSSÕES: Observou-se que nem todos os idosos lá presentes tinham um suporte familiar favorável, já que alguns eram mais afetivos e usava aquele momento para suprir a carência dos familiares. Em virtude disso, dialogamos bastante sobre as boas experiências deles e usávamos o humor para descontrair quando a nostalgia dos tempos de juventude interrompia o momento prazeroso que estávamos vivenciando. A Igreja Católica se faz presente nos mais diversos fragmentos da sociedade, nos meios de comunicação, em diversas instituições e por meio das ações das Pastorais Católicas, conhecidas como formas voluntárias de realizar ações sociais para comunidade, realizadas pela Igreja Católica e por membros da comunidade cristã. CONCLUSÃO: Assim, constatou-se que a participação da Igreja como uma instituição que presa as relações interpessoais é muito importante para os indivíduos, principalmente para os idosos, já que, na maioria das vezes são tidos como excluídos da sociedade. Além disso, foi perceptível que esses encontros geram saúde mental e bem-estar, pois há momentos prazerosos que refletem a satisfação no rosto de cada idoso.

Veja o artigo completo: PDF