Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO DO PERFIL NUTRICIONAL DE UM IDOSO EM UMA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA NA CIDADE DE CARUARU-PE

CÁSSIA THAÍS PESSOA DE ALBUQUERQUE FERREIRA, AMANDA TAYS GODOI DE ESPINDOLA, JEILZA SOARES MEDEIROS DA PAZ e orientado por ANA BOLENA DE LUNA SIQUEIRA e orientado por ANA BOLENA DE LUNA SIQUEIRA

O estado nutricional de um idoso pode ser afetado por várias alterações fisiológicas comuns para esta fase da vida, diante disto, é nítido que muitos acometimentos patológicos são crescentes ao passar dos anos pela falta de absorção de nutrientes e vitaminas, falta de apetite, falta de dentição, problemas na locomoção e outros fatores que podem fazer com que ocorram agravos que não eram para ocorrer nesse tipo de paciente como a falta de renda, descuido e abandono social e da família, desânimo e triste por conta da não aceitação da velhice, a falta de cuidado da higiene pessoal, problemas ósseos que afetam na musculatura e estabilidade óssea. O objetivo desse estudo foi o de relatar e analisar o caso clínico de um idoso residente da casa dos pobres São Francisco de Assis em Caruaru-PE. Trata-se de um estudo transversal e descritivo, cuja coleta ocorreu no dia 1° de Junho de 2016. O caso clínico fez parte de um trabalho acadêmico para obtenção de dados ao qua Após análise de todos os parâmetros, o idoso foi diagnosticado como um paciente obeso, hipertenso, com um quadro de incontinência urinária, baixa ingestão hídrica, edemaciado e com um risco muito elevado para doenças cardiovasculares. Diante disto, foi feita uma intervenção nutricional, com uma dieta normolipídica, normoglicídica, hipocalórica, normoprotéica, hipossódica e com um relativo aumento de ingestão de líquidos e fibras. l foram selecionados alguns idosos da unidade para o mesmo. Portanto é necessário um acompanhamento nutricional e multiprofissional mais detalhado e profundo, não somente com o idoso pesquisado, mas com todos os idosos da unidade, pois as DCNT podem passar por despercebidas do olhar clínico dos familiares e cuidadores.

Veja o artigo completo: PDF