Resumo Trabalho

ATUAÇÃO DAS SEÇÕES REGIONAIS E SUB-REGIONAIS DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ALZHEIMER (ABRAZ) NO ANO 2016: RELATO DE EXPERIÊNCIA

FERNANDA ROCHELLY DO NASCIMENTO MOTA, DANIELLE FÉLIX ARRUDA MOURÃO, MARIA LEITÃO BESSA e orientado por PROFA DRA MARIA CÉLIA DE FREITAS e orientado por PROFA DRA MARIA CÉLIA DE FREITAS

A Associação Brasileira de Alzheimer e Doenças Similares (ABRAz) foi fundada em 1991, na cidade de São Paulo. Trata-se de entidade civil, sem fins lucrativos, com termo de utilidade pública federal. A ABRAz integra a Alzheimer’s Disease International (ADI), que congrega 79 países e 108 associações em todo o mundo. Nacionalmente, a ABRAz possui atualmente 24 regionais e 54 sub-regionais, distribuídas em 24 estados brasileiros. Frente aos propósitos de atuação da instituição e pressupondo-se sua relevância social e representatividade, em território nacional, a presente investigação objetivou descrever a experiência de atuação das seções regionais e sub-regionais da ABRAz durante o ano 2016, no concernente ás atividades desempenhadas. Trata-se de estudo descritivo, do tipo relato de experiência, acerca das atividades desenvolvidas pela ABRAz, em âmbito nacional, no decorrer do ano de 2016. Os respectivos registros das atividades desenvolvidas, em âmbito nacional, são comumente efetuados pelos integrantes das seções regionais e sub-regionais da associação. Os registros referentes ás atividades do ano 2016 foram coletados através de preenchimento de formulário pelos respectivos presidentes das seções da ABRAz localizadas em 18 estados da Federação (seis estados não entregaram os formulários). A ocasião de entrega dos formulários de atividades foi a reunião do Conselho Nacional da instituição, ocorrida em novembro de 2016, em Brasília-DF. Os dados dos formulários foram organizados e analisados com auxílio do Microsoft Office Excel 2010. Construíram-se tabelas, quadros e gráficos, que, a seguir, foram devidamente analisados. Os resultados apontaram que no ano 2016, as seções regionais e sub-regionais da ABRAz desenvolveram inúmeras atividades, de diversas naturezas, em praticamente todo o território nacional. No concernente ás atividades de participação junto a entidades de controle social, considerando-se as 18 unidades federativas cujos formulários de avaliação anual compuseram a amostra da presente investigação, verificaram-se 44 atividades relativas ao controle social. Ressalta-se que a representação da ABRAz nos equipamentos/ organizações/ entidades de controle social e participação popular ocorre desde o ano 2003, configurando-se como relevante meio de participação da associação no que se refere á formulação, elaboração, deliberação e fiscalização de políticas públicas, especialmente em relação á pessoa com demência e seus cuidadores familiares e formais. Verificou-se realização de atividades de veiculação de informações sobre as demências na mídia e no meio científico em muitas unidades da federação que contam com seções regionais/sub-regionais da ABRAz. Dentre as principais atividades, citam-se: participação de grande número de unidades da federação em programas de rádio (ocorrida em 12 estados brasileiros), realização de palestras informativas (ocorridas em 11 estados brasileiros), rodas de conversa, ações sociais (ocorridas em oito estados brasileiros), realização de cursos de capacitação e participação em audiências públicas (ocorridas em sete estados brasileiros). A experiência de atuação das seções regionais e sub-regionais da ABRAz no decorrer do ano 2016 revelou-se intensa e coerente com os objetivos da associação de representar o interesse da pessoa demenciada e de seus familiares, bem como de constituir-se entidade de referência nacional no concernente ao apoio a familiares e cuidadores de pessoas com demência.

Veja o artigo completo: PDF