Resumo Trabalho

FATORES MOTIVACIONAIS PARA PERMANÊNCIA DO IDOSO EM UMA UNIVERSIDADE ABERTA À MATURIDADE

GUSTAVO ALBUQUERQUE DIAS e orientado por CLÉSIA OLIVEIRA PACHÚ

O ENVELHECIMENTO HUMANO É COMPREENDIDO COMO PROCESSO QUE ACOMPANHA O ORGANISMO DO NASCIMENTO À MORTE. NA VELHICE, A EDUCAÇÃO PROMOVE ALÉM DOS FATORES COMUNS A TODOS OS INDIVÍDUOS, COMPROMETIMENTO TARDIO DAS CAPACIDADES COGNITIVAS, POR INTERMÉDIO DA APREENSÃO DE NOVOS CONHECIMENTOS E APRIMORAMENTO DOS JÁ EXISTENTES. NESSE SENTIDO, OS PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO DESENVOLVIDOS PARA IDOSOS BUSCAM PROMOVER ENVELHECIMENTO ATIVO E MAIOR QUALIDADE DE VIDA. ESTE ARTIGO OBJETIVOU REFLETIR ACERCA DOS FATORES MOTIVADORES PARA PERMANÊNCIA DO IDOSO EM UMA UNIVERSIDADE ABERTA À MATURIDADE EM CAMPINA GRANDE, PARAÍBA. UTILIZOU-SE DE METODOLOGIA ATIVA, TIPO PROBLEMATIZAÇÃO, COM IDOSOS DA UNIVERSIDADE ABERTA PARA MATURIDADE DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA, CAMPUS I, CAMPINA GRANDE. NO PRIMEIRO MOMENTO A TURMA FOI ABORDADA ACERCA DA PRESENTE INTERVENÇÃO, EM SEGUIDA REALIZADA A RODA DE DISCUSSÃO ACERCA DOS ASPECTOS DA MATURIDADE. FORAM ASSISTIDOS 29 IDOSOS, SENDO 3 DO SEXO MASCULINO E 26 DO SEXO FEMININO. A IDADE VARIOU ENTRE 61 E 93 ANOS. OS PRINCIPAIS FATORES MOTIVACIONAIS IDENTIFICADOS FORAM AS INTERAÇÕES SOCIAIS E A CONSTRUÇÃO DE NOVOS VÍNCULOS AFETIVOS; AMPLITUDE DE CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS AO LONGO DO CURSO; APOIO FAMILIAR E DE AMIGOS; EXPERIÊNCIA DE RETOMAR OS ESTUDOS. O MISTO DE NECESSIDADE SOCIAL E SAUDADE DA VIDA DE COMPROMISSOS FAMILIARES CONDUZEM IDOSOS A PROTAGONIZAREM UMA NOVA FORMA DE MANTER-SE SAUDÁVEL.

Veja o artigo completo: PDF