Resumo Trabalho

INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS MAIS COMUNS EM PESSOAS IDOSAS DE ACORDO COM A LITERATURA CIENTÍFICA.

LARISSA LAÍSE MARINHO CARVALHO, LARISSA DE LIMA DOMINGOS, ANA LUIZA CABRAL DA CUNHA DE ALMEIDA CHAGAS , ALLAN ALMEIDA ARAÚJO e orientado por RENATA CLEMENTE DOS SANTOS

OBJETIVO: IDENTIFICAR NA LITERATURA AS INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS MAIS COMUNS EM PESSOAS IDOSAS. MÉTODO: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA CIENTÍFICA DESENVOLVIDA MEDIANTE A UTILIZAÇÃO DE UM PROTOCOLO NORTEADOR E UMA PERGUNTA DE PESQUISA, FOI DESENVOLVIDA NA BIBLIOTECA VIRTUAL DE SAÚDE, MEDIADA PELOS DESCRITORES “IDOSOS”, “DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS” E “SAÚDE DO IDOSO” OPERADOR BOOLEANO AND ENTRE ELES. A POPULAÇÃO DO ESTUDO, INICIALMENTE TRIADA FOI COMPOSTA POR 978 MANUSCRITOS, FICANDO AO TÉRMINO DA BUSCA 25 ARTIGOS APÓS APLICAÇÃO DOS CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE QUE ATENDIAM AO OBJETIVO PROPOSTO. RESULTADOS: AS INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS MAIS DISCUTIDAS NA LITERATURA NA PESSOA IDOSA FORAM A CLAMÍDIA, GONORREIA, SÍFILIS, E A CONTAMINAÇÃO PELO VÍRUS DA IMUNODEFICIÊNCIA HUMANA.

Veja o artigo completo: PDF