Resumo Trabalho

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A PESSOA IDOSA NO PERIOPERATÓRIO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

IVANNA THAÍS DA SILVA FREITAS, ANDREIA APARECIDA DA SILVA, DAYANE GOMES DE OLIVEIRA, ISABELA CAROLINE PIMENTEL DE MOURA e orientado por PRISCILLA VASCONCELOS AGUIA e orientado por PRISCILLA VASCONCELOS AGUIA

INTRODUÇÃO: O processo de envelhecimento é um acontecimento que atinge todos os seres humanos de maneira independente, podendo varias de individuo para individuo, acontece de maneira gradativa para uns e de maneira mais rápida para outros. Este fenômeno se caracteriza como um processo dinâmico, progressivo e irreversível, e são diretamente ligados a fatores biológicos, psíquicos e sociais. O tratamento da pessoa idosa é um grande obstáculo para os profissionais da saúde, pois, são numerosos os problemas de saúde consecutivos ao envelhecimento. A realização do cuidado se da através do processo do cuidar, por meio da interação entre o enfermeiro e o paciente. Nele, as atividades do profissional são desenvolvidas “para” e “com” o paciente, associado ao conhecimento científico, habilidade, intuição, pensamento crítico e criatividade e acompanhadas de comportamentos e atitudes de cuidar no intuito de prestar assistência ao indivíduo sadio ou doente, família ou comunidade, no desempenho de atividades para promover, manter e recuperar a saúde. OBJETIVO: Relatar a experiência e vivência de acadêmicas de enfermagem sobre a assistência de enfermagem prestada a uma paciente idosa no pré-operatório com fistula enterovesical. METODOLOGIA: O estudo trata-se de um Relato de Experiência que descreve a vivência de acadêmicas do curso de Enfermagem da Universidade Federal de Pernambuco – Centro Acadêmico de Vitória durante o estágio curricular da disciplina de Enfermagem cirúrgica no período de 27 de abril a 9 de maio de 2017 realizado na Clínica Cirúrgica do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco. RESULTADO: Durante a realização do processo, foi possível observar que o paciente encontrava-se um pouco ansioso devido a sua condição clinica, pois, a sua nova condição, seria necessária uma mudança no estilo de vida e uma adaptação na sua rotina diária. As intervenções propostas para esse paciente foram: Oferecer informações sobre a função intestinal esperada, ensinar o paciente a preparar o dispositivo para uma adaptação adequada, demonstrar como trocar o dispositivo ou esvaziar a bolsa antes que acorra vazamento. A assistência de enfermagem quando realizada de maneira sistematizada proporciona o planejamento e a implementação do cuidado integral no perioperatório. A assistência sistematizada, embasada nos conhecimentos técnicos e científicos, garante ao paciente a promoção, manutenção e recuperação da saúde. CONCLUSÃO: O período de estágio, possibilitou o entendimento sobre a importância da realização do processo de enfermagem para a recuperação e promoção a saúde do paciente. A sistematização do cuidado promove uma melhora do quadro clinico do paciente, bem como o fornecimento de informações a respeito da condição clinica que o paciente se encontra e orientações que visem a promoção do autocuidado do paciente.

Veja o artigo completo: PDF