Resumo Trabalho

A ATENÇÃO DOMICILIAR (HOME CARE): A IMPORTÂNCIA PARA A FAMÍLIA E PARA O IDOSO

ABENILDA DA SILVA SANTOS, MARIA ROSA GONÇALVES NUNES e orientado por KELLY CRISTINA DO NASCIMENTO e orientado por KELLY CRISTINA DO NASCIMENTO

Este artigo trata-se de uma revisão sistemática e traz como base a atenção domiciliar, como ela vem sendo prestada aos pacientes idosos, a importância dessa vivencia para a família, que sai do contexto onde esse serviço era prestado apenas pelos membros da família sem nenhum embasamento cientifico ou por instituições de longa permanência para idosos e nos últimos anos vem sendo prestado por profissionais qualificados dando maior conforto e segurança para todos os envolvidos, promove a desespiralização, um tratamento mais humanizado, diminui os índices de infecção hospitalar, contribui para aumento da afetividade resgatando o vínculo familiar, ajuda no convívio social, reduz os quadros de ulceras por pressão, maior comodidade para equipe de saúde e também ajuda no acompanhamento desses pacientes na fase terminal de suas vidas para que eles passem por esse momento com toda dignidade possível. Home Care é uma expressão em inglês que pode ser traduzida como “cuidado domiciliar”. Essa modalidade surgiu no Brasil em meados da década de 90 e foi crescendo com o passar dos anos, pois a desospitalização que se espera que aconteça, mas esse tipo de serviço ainda não substitui a importância do hospital em determinadas situações, atualmente existem várias empresas que prestam esse tipo de serviços. A Anvisa por meio da Resolução da Diretoria Colegiada de nº 11, em 26 de janeiro de 2006 estabeleceu suas primeiras regras, para garantir que tais serviços sejam prestados com qualidade. As empresas de home care devem contar com uma equipe multiprofissional e tecnologia para atenderem essas regras.

Veja o artigo completo: PDF