Resumo Trabalho

ACESSIBILIDADE PARA TURISTAS IDOSOS NO CENTRO HISTÓRICO DE JOÃO PESSOA

JERÔNIMO NASCIMENTO BULCÃO, DAYANA GALDINO DA SILVA , MÁRCIA FÉLIX DA SILVA

A CAPITAL DA PARAÍBA, JOÃO PESSOA, TERCEIRA CIDADE MAIS ANTIGA DO BRASIL POSSUI SÍTIOS HISTÓRICOS QUE SÃO CONSIDERADOS COMO DOS MAIS IMPORTANTES DO BRASIL. COM UM VASTO ACERVO HISTÓRICO-ARQUITETÔNICO SE CARACTERIZA POR ABRIGAR IGREJAS DO SÉCULO XVI, PRÉDIOS E CASARIOS COLONIAIS COM VALIOSOS POTENCIAIS TURÍSTICOS PROCURADOS POR VISITANTES QUE BUSCAM A ARTE E O CONHECIMENTO SOBRE A HISTÓRIA LOCAL. NO ENTANTO, O TURISTA IDOSO OU COM MOBILIDADE REDUZIDA ENFRENTA LADEIRAS ÍNGREMES, RUAS ESTREITAS, CALÇADAS SEM MANUTENÇÃO, ENTRE OUTROS OBSTÁCULOS QUE O IMPEDEM DE CONHECER TODOS OS ATRATIVOS ARQUITETÔNICOS DA CIDADE. DESSA FORMA, DESTACA-SE O DIREITO À ACESSIBILIDADE, DEFINIDA COMO A POSSIBILIDADE E CONDIÇÃO DE ALCANCE, PERCEPÇÃO E ENTENDIMENTO PARA A UTILIZAÇÃO COM SEGURANÇA E AUTONOMIA DE EDIFICAÇÕES E, NESSE CONTEXTO, FOI DEFINIDO O OBJETIVO DESSE ESTUDO COMO ANALISAR A ACESSIBILIDADE NO CENTRO HISTÓRICO DE JOÃO PESSOA PARA A INSERÇÃO DO PÚBLICO IDOSO E COM MOBILIDADE REDUZIDA NA VISITAÇÃO AOS PRINCIPAIS MONUMENTOS HISTÓRICOS. O DIAGNÓSTICO REALIZADO NO CENTRO HISTÓRICO DE JOÃO PESSOA IDENTIFICOU AS DIFICULDADES QUE OS TURISTAS IDOSOS E COM MOBILIDADE REDUZIDA ENFRENTAM QUANDO VISITAM OS PONTOS TURÍSTICOS SELECIONADOS PARA O ESTUDO. OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DE ACESSIBILIDADE IDENTIFICADOS NO LOCAL ESTÃO RELACIONADOS À ORIENTAÇÃO ESPACIAL, SEGUIDO DOS COMPONENTES DE DESLOCAMENTO E DE USO. ESTES PROBLEMAS SÃO DECORRENTES DO PERÍODO DE CONSTRUÇÃO DOS EDIFÍCIOS E DO PRÓPRIO TRAÇADO URBANO, QUE SÃO DO SÉCULO XVI.

Veja o artigo completo: PDF