Resumo Trabalho

A CONTRIBUIÇÃO DA TERAPIA OCUPACIONAL COM IDOSOS EM ILPI: RELATO DE EXPERIÊNCIA

JUSSANY BORGES OLIVEIRA CARDOSO, ERY KAROLINY TELES DOS SANTOS, JANAYNA DE ALMEIDA ANDRADE, LARISSA DOS SANTOS e orientado por ARISTELA DE FREITAS ZANONA e orientado por ARISTELA DE FREITAS ZANONA

.Introdução: As instituições de longa permanência para idosos são locais de caráter residencial, destinadas a domicílio coletivo de pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, com ou sem suporte familiar, em condição de liberdade, dignidade e cidadania, oferecendo aos seus residentes proteção e o amparo. Porém ao longo de todo processo de institucionalização, há uma ruptura significativa dos laços familiares, do ambiente em que estão acostumados a viver, além de rotinas rígidas estabelecidas sem a participação decisória desse idoso. Diante disso a Terapia Ocupacional utiliza de atividades com objetivo de resgatar a autonomia/independência promovendo qualidade de vida e socialização para os idosos residentes de ILPI. Objetivos: Descrever as intervenções dos discentes de terapia ocupacional com um grupo de idosos, com o objetivo de promover a socialização e qualidade de vida para os mesmos. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência das práticas dos discentes de Terapia Ocupacional, no mês de junho de 2017, em uma ILPI do interior do estado de Sergipe. Seis idosos de ambos os sexos, com diagnostico de demências de leve a moderada, Doença de Alzheimer e Acidente Vascular Cerebral foram incluídos. Os atendimentos, com duração de 50 minutos ocorreram semanalmente, enfocando atividades de interesse e significativas para todos os idosos. Resultados e Discussões: Foi utilizada a abordagem grupal em cada atendimento com atividades recreativas, treinos de atividades de vida diária e jogos de socialização, além da organização de uma festa típica da região. Conclusão: Pode-se perceber que através da intervenção houve um movimento por parte dos idosos e da ILPI de construção e fortalecimento das relações sociais, visto que os mesmos moravam no mesmo ambiente, mas não existia vinculo e comunicação entre eles.

Veja o artigo completo: PDF