Resumo Trabalho

CAPACITAÇÃO PELA UNIVERSIDADE ABERTA DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (UNA/SUS) E TOMADA DE DECISÃO: RELATO DE EXPERIÊNCIA

MARIA FRANCINETE DE OLIVEIRA, EDILMA DE OLIVEIRA COSTA

O TRABALHO TEM COMO OBJETIVO SOCIALIZAR A TOMADA DE DECISÃO E SEU RESULTADO, EM TRATAR E CUIDAR DE UMA IDOSA EM CASA, COM DIAGNÓSTICO MÉDICO DE PNEUMONIA BACTERIANA (PNEUMONIA ADQUIRIDA NA COMUNIDADE - PAC). JUSTIFICA-SE ESSA CONDUTA COM BASE NOS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS NOS CURSOS DA UNA/SUS, NA FORMAÇÃO TÉCNICA EM PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES EM SAÚDE, NA EXPERIÊNCIA ADVINDA DA DOCÊNCIA EM ENFERMAGEM GERONTOLÓGICA E, PRINCIPALMENTE, NA AVALIAÇÃO DO ESTADO DE SAÚDE GLOBAL DA IDOSA. O MOTIVO QUE LEVOU A FAMÍLIA A PROCURAR A URGÊNCIA DE UM HOSPITAL PARTICULAR, FOI A PIORA DE UMA TOSSE SECA, PRINCIPALMENTE NOTURNA, SEM OUTROS SINAIS E SINTOMAS DE DOENÇAS RESPIRATÓRIAS. PARA O DIAGNÓSTICO, O MÉDICO TOMOU COMO BASE O RESULTADO DO RAIO-X DO TÓRAX E A AUSCULTA PULMONAR, DETERMINANDO COMO CONDUTA A INTERNAÇÃO IMEDIATA. DIANTE DA IMPOSSIBILIDADE DE SEGUIR TAL CONDUTA E DOS RISCOS QUE ELA TRARIA PARA A IDOSA, PROCURAMOS OUTRO MÉDICO QUE ACATOU NOSSAS ARGUMENTAÇÕES, ENQUANTO PROFISSIONAIS DE SAÚDE E FAMILIAR. O TRATAMENTO/CUIDADO FOI PLANEJADO PARA SEGUIR RIGOROSAMENTE A INDICAÇÃO MÉDICA – ANTIBIÓTICO DE 12 EM 12 HORAS, NEBULIZAÇÃO TRÊS VEZES AO DIA – E OUTRAS CONDUTAS PERTINENTES AO CASO (FLORAIS, CHÁS, LIMPEZA RIGOROSA DO QUARTO E DAS ROUPAS, HIDRATAÇÃO ORAL E DIETA PERSONALIZADA). DEPOIS DE SETE DIAS A IDOSA FOI AVALIADA POR UM MÉDICO, QUE CONSTATOU, ATRAVÉS DA AUSCULTA, DO RAIO -X E DO EXAME DE SANGUE, AUSÊNCIA DE QUALQUER DOENÇA RESPIRATÓRIA. CONCLUÍMOS QUE, COM CONHECIMENTO, COMPETÊNCIA, EFICIÊNCIA E CAPACIDADE PARA TOMAR DECISÃO EVITAMOS O TRANSTORNO DE UMA HOSPITALIZAÇÃO DESNECESSÁRIA.

Veja o artigo completo: PDF