Resumo Trabalho

ATENÇÃO INTERDISCIPLINAR NO ENVELHECIMENTO ATIVO

ANANDA RODRIGUES DOS PASSOS, JÚNIOR RIBEIRO DE SOUSA e orientado por CAROLLINE SILVA DE MORAIS

A TERCEIRA IDADE É UMA FASE QUE DEVE SER VIVIDA DE FORMA SAUDÁVEL E AUTÔNOMA, NO ENTANTO NEM TODOS A VIVENCIAM DESSA FORMA, POIS MUITOS AINDA VIVEM EM SITUAÇÕES REFERENTES ÀS CONCEPÇÕES LIGADAS A PROBLEMAS CRONOLÓGICOS ADICIONADOS AO PENSAMENTO ERRÔNEO DO INDIVÍDUO, CONTEXTO FAMILIAR E MEIO DE INCAPACIDADE E LIMITAÇÃO DO MESMO. O PRESENTE ESTUDO TEM COMO OBJETIVO DESCREVER A IMPORTÂNCIA DO PAPEL ATIVO NA TERCEIRA IDADE, EVIDENCIANDO A CONTRIBUIÇÃO MULTIPROFISSIONAL ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO EM SAÚDE. TRATA-SE UM ESTUDO DE REVISÃO BIBLIOGRÁFICA CONSTRUÍDO EM MARÇO DE 2018, ONDE FOI REALIZADA UMA ANÁLISE DA LITERATURA CIENTÍFICA A RESPEITO DA ATUAÇÃO INTERDISCIPLINAR PARA PROMOVER O ENVELHECIMENTO ATIVO. NO ESPAÇO DA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE OS PROFISSIONAIS TEM O IMPORTANTE PAPEL DE CONTRIBUIR ATRAVÉS DE ATIVIDADES QUE PROMOVAM UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA E MAIOR AUTONOMIA PARA UM ENVELHECIMENTO MAIS ATIVO. DESENVOLVENDO ESTRATÉGIAS DE INSERÇÃO E PARTICIPAÇÃO DESSE SUJEITO INDIVIDUAL E COLETIVAMENTE COMO MEDIDAS DE PROMOÇÃO E DE PREVENÇÃO DE DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS, ASSIM COMO A MINIMIZAÇÃO DAS CONSEQUÊNCIAS DAS ENFERMIDADES INERENTES À TERCEIRA IDADE.

Veja o artigo completo: PDF