Resumo Trabalho

A ATUAÇÃO DA PSICOLOGIA NO ACOLHIMENTO A IDOSOS EM UMA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA

ADRIELLE ANDRADE DA SILVA, LETÍCIA LÍGIA SILVA COSTA, THAYLÂNE CREUSA ROGÉRIO SILVA, ALBERTINO ANTONIO DOS SANTOS e orientado por SUENNY FONSÊCA DE OLIVEIRA

O PRESENTE ARTIGO TEM POR OBJETIVO RELATAR A EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO BÁSICO EM PSICOLOGIA DESENVOLVIDO EM UM INSTITUTO DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS, LOCALIZADO NA CIDADE DE CAMPINA GRANDE/PB. TRATA-SE DE UM ESTUDO QUALITATIVO, DO TIPO RELATO DE EXPERIÊNCIA, QUE NO PRIMEIRO MOMENTO OCORREU A PARTIR DA OBSERVAÇÃO PARTICIPANTE PARA, EM SEGUIDA, SEREM ELABORADA AS INTERVENÇÕES A PARTIR DAS DEMANDAS EMERGENTES. OCORRERAM TRINTA ENCONTROS ENTRE NOVEMBRO DE 2017 E MARÇO DE 2018 COM DURAÇÃO DE DUAS HORAS. AS ATIVIDADES CONTARAM COM A PARTICIPAÇÃO DE 73 IDOSOS, DE AMBOS OS SEXOS, RESIDENTES DA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA. OS ENCONTROS SE DAVAM COM A PROMOÇÃO DE ESPAÇO DE FALA, SENDO NO PERÍODO DE TEMPO DE DUAS HORAS EM QUE ESTAGIÁRIOS ESTAVAM NA INSTITUIÇÃO REALIZANDO ESCUTAS E ACOLHIMENTO DAS DEMANDAS ESPONTÂNEAS QUE SURGIAM NA FALA DOS IDOSOS. DE MODO GERAL, A PARTIR DO RELATO DE SUAS HISTÓRIAS DE VIDA, OS IDOSOS ABORDAVAM SUAS QUESTÕES PESSOAIS FREQUENTEMENTE ENVOLVENDO A RELAÇÃO COM A FAMÍLIA, AS DIFICULDADES ENFRENTADAS DIANTE DO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO E DA INSTITUCIONALIZAÇÃO. DIANTE DO EXPOSTO, FOI POSSÍVEL PERCEBER A IMPORTÂNCIA DO ACOLHIMENTO NO PROCESSO DE CUIDADO DA PESSOA IDOSA E O QUANTO ESSES MOMENTOS DE ESCUTA FORAM CAPAZES DE RESSIGNIFICAR A DOR E O SOFRIMENTO POR ELAS VIVIDOS. A EXPERIÊNCIA, POSSIBILITOU VIVÊNCIAS QUE PERMITIRAM REAFIRMAR A NECESSIDADE DE PROMOVER ESPAÇOS DE FALA COMO ESTRATÉGIA DE CUIDADO FOCALIZADOS NO PROTAGONISMO DAS PESSOAS IDOSAS, REITERANDO AINDA O QUANTO É IMPRESCINDÍVEL NOVOS MODOS DE CUIDAR QUE PERPASSAM O MODELO ASILAR DE CUIDADO TRADICIONAL E BIOMÉDICO AINDA EXISTENTE EM MUITOS INSTITUTOS DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS.

Veja o artigo completo: PDF