Resumo Trabalho

A EFETIVIDADE DAS PICS NO PROCESSO SAÚDE-DOENÇA DOS USUÁRIOS DO SERVIÇO DE SAÚDE PÚBLICO NA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL

YURI SANTOS ALVES e orientado por MÉRCIA MARIA DE SANTI

ESTA PESQUISA OBJETIVOU IDENTIFICAR AS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NOS SERVIÇOS DE ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE NA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL/RN. TRATA-SE DE UMA ANÁLISE DE NATUREZA QUANTITATIVA E QUALITATIVA, DE MULTIMÉTODOS, ELABORANDO INSTRUMENTOS QUE VIABILIZEM A CONSTRUÇÃO DAS INFORMAÇÕES QUE PRETENDE APRESENTAR AO SEU TÉRMINO. A PESQUISA FOI INICIADA EM AGOSTO DE 2015, ONDE ATÉ O PRESENTE MOMENTO DA PESQUISA, OS QUESTIONÁRIOS INICIAIS FORAM APLICADOS EM CERCA DE 51 ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE, QUE CORRESPONDE 68,9% DO TOTAL. DOS QUAIS 07 UNIDADES OFERECEM ALGUMA PRÁTICA INTEGRATIVAS AOS USUÁRIOS, DENTRE ELAS, YOGA, DANÇA CIRCULARES, ACUPUNTURA, CANTOTERAPIA, AROMATERAPIA E ENTRE OUTROS. ESSE ESTUDO PERMITIU ANALISAR A INSERÇÃO DAS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES EM SAÚDE NO PROCESSO SAÚDE-DOENÇA DE ALGUNS USUÁRIOS QUE UTILIZAM ESTAS PRÁTICAS. NA REDE DE ATENÇÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE, AS PICS TÊM APRESENTADO ÓTIMOS RESULTADOS, AUXILIANDO NA PROMOÇÃO E PREVENÇÃO DE AGRAVOS EM SAÚDE DOS SEUS USUÁRIOS, BEM COMO INCENTIVANDO UMA MAIOR PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE E TAMBÉM ESTABELECENDO UMA NOVA COMPREENSÃO DO PROCESSO SAÚDE-DOENÇA. OS DADOS MAIS ESPECÍFICOS SOBRE OS USUÁRIOS PORTADORES DE DOENÇAS CRÔNICAS E, QUE UTILIZAM AS PICS, SERÃO COLETADOS A PARTIR DE 2018.2, DANDO CONTINUIDADE À PESQUISA.

Veja o artigo completo: PDF