Resumo Trabalho

A ENFERMAGEM E A SEXUALIDADE NA TERCEIRA IDADE: QUEBRANDO OS TABUS

VANESSA ALVES NASCIMENTO SOARES, ANTONIO DE FREITAS BARBOSA NETO, GABRIELA DUARTE DE OLIVEIRA e orientado por YURI CHARLLUB PEREIRA BEZERRA

A SEXUALIDADE É AINDA CONSIDERADO UM ASSUNTO DE DIFÍCIL DEBATE E POR MUITAS CULTURAS E GRUPOS SOCIAIS AINDA UM OBSTÁCULO A SER VENCIDO. FRENTE A ESSA REALIDADE, O PRESENTE TRABALHO BUSCA RELATAR SOBRE O PRECONCEITO, REPREENSÕES, TABUS E JULGAMENTOS EXISTENTES COM A QUESTÃO E AS CONSEQUÊNCIAS PARA A TERCEIRA IDADE, NARRANDO TAMBÉM AS AÇÕES DE ENFERMAGEM NO COMBATE AOS PREJULGAMENTOS A TEMÁTICA. TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA, REALIZADA NAS BASES DO SCIELO, BVS E LILACS, NOS MESES DE MARÇO A ABRIL DO CORRENTE ANO, UTILIZANDO OS DESCRITORES CONTROLADOS EM CIÊNCIAS DA SAÚDE, PRECONCEITO, IDOSO E SEXUALIDADE. APÓS A APLICAÇÃO DOS CRITÉRIOS DE INCLUSÃO (FILTROS) CHEGOU-SE A UMA A MOSTRA DE 03 ARTIGOS, OS QUAIS FORMA ANALISADOS DE FORMA DESCRITIVA. ENTRE OS PRINCIPAIS ACHADOS, FOI CONSTATADO QUE TAIS VISÕES PRECONCEITUOSAS SOBRE A NOVA FASE VIVIDA PODE TRAZER SÉRIOS DANOS À SAÚDE PSICOLÓGICA E QUE A ENFERMAGEM COMO A PROFISSÃO ENVOLVIDA COM O CUIDADO AO PACIENTE, DEVE SE UTILIZAR DA PROMOÇÃO EM SAÚDE COMO UMA DA AÇÕES DE ENFRENTAMENTO.P

Veja o artigo completo: PDF