Resumo Trabalho

AUTOMEDICAÇÃO NA TERCEIRA IDADE, SEU PERFIL E AS POSSÍVEIS CAUSAS

FERNANDO EMANUEL DE SOUSA FERREIRA, MATHEUS MERSON DE ARAÚJO SILVA, LUANA SAYURI OKAMURA e orientado por KALTZ VICTOR SOUZA SILVA

O ENVELHECIMENTO É UM PROCESSO INEVITÁVEL, SISTÊMICO E GRADATIVO, ONDE HÁ DIVERSAS MODIFICAÇÕES MORFOLÓGICAS, FUNCIONAIS, BIOQUÍMICAS E PSICOLÓGICAS, DIMINUINDO A CAPACIDADE DE MANUTENÇÃO DA HOMEOSTASIA, CONSEQUENTEMENTE REDUZINDO A CAPACIDADE DE ADAPTAÇÃO DE UM INDIVÍDUO AO SEU AMBIENTE DE VIVENCIA. NESSA FAIXA ETÁRIA A AUTOMEDICAÇÃO É BASTANTE FREQUENTE E CONSISTE NA UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS PARA TRATAR ALGUMAS DOENÇAS CONSIDERADAS AUTODIAGNOSTICADAS OU SINTOMAS, ESSA PRÁTICA É ENTENDIDA COMO UM DOS ELEMENTOS DO AUTOCUIDADO SE UTILIZADO DE FORMA CORRETA. O PROFISSIONAL FARMACÊUTICO É O AGENTE DE SAÚDE COM MAIOR FACILIDADE DE ALCANCE. TRATA-SE DE UM ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO, O MATERIAL BIBLIOGRÁFICO SELECIONADO TEVE COMO CRITÉRIOS DE INCLUSÃO OS TÍTULOS E RESUMOS QUE CONTINHAM IDENTIFICAÇÃO COM O TEMA NO PERÍODO EQUIVALENTE DE 2005 A 2019. O ESTUDO MOSTROU QUE A CLASSE DE MEDICAMENTOS MAIS CITADOS E UTILIZADOS NA AUTOMEDICAÇÃO PELOS IDOSOS FORAM OS ANALGÉSICOS PARA ALIVIAR AS DORES, TAMBÉM FORAM OBSERVADOS FATORES QUE CONTRIBUEM PARA A AUTOMEDICAÇÃO COMO BAIXA RENDA E EDUCAÇÃO, INDICAÇÃO DE FAMILIARES E PRESCRIÇÕES ANTERIORES. O PROFISSIONAL FARMACÊUTICO DEVE ASSUMIR A RESPONSABILIDADE DE SER PROMOTOR DA SAÚDE E CONTRIBUIR DE FORMA ATIVA E POSITIVA PARA O USO RACIONAL DE MEDICAMENTO. ENTÃO DEVE-SE TOMAR ATITUDES URGENTE VISANDO A MUDANÇA DESTE CENÁRIO DE CONSUMO EXCESSIVO DE MEDICAMENTOS, COMO MELHORAR A FISCALIZAÇÃO E A REORGANIZAÇÃO DA DISPENSAÇÃO E PROPAGANDA DE MEDICAMENTOS, E A INTRODUÇÃO DA EDUCAÇÃO EM SAÚDE PELOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE, EM ESPECIAL O FARMACÊUTICO.

Veja o artigo completo: PDF