Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO DA CORRELAÇÃO DOS SINTOMAS CLIMATÉRICOS NA FUNÇÃO SEXUAL EM MULHERES DE MEIA-IDADE.

CAMYLLA EVELLY DE ANDRADE NASCIMENTO, IZABEL FERREIRA GOMES e orientado por MARIA DE LOURDES FERNANDES DE OLIVEIRA

OBJETIVO: AVALIAR A INFLUÊNCIA DOS SINTOMAS CLIMATÉRICOS SOBRE A FUNÇÃO SEXUAL EM MULHERES DE MEIA-IDADE, AVERIGUANDO POSSÍVEIS ASSOCIAÇÕES ENTRE AS VARIÁVEIS PESQUISADAS. MÉTODOS: TRATA-SE DE UMA PESQUISA DO TIPO TRANSVERSAL, DE ABORDAGEM QUANTITATIVA, DO TIPO DESCRITIVA E ANALÍTICA. A AMOSTRA FOI COMPOSTA POR 13 MULHERES ENTRE 40 A 65 ANOS ATENDIDAS NA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA UEPB, NO SETOR DE UROGINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA. A COLETA DE DADOS CONSTOU DA APLICAÇÃO DE UM QUESTIONÁRIO SEMI-ESTRUTURADO BIOSOCIODEMOGRÁFICO, SEGUIDO DO ÍNDICE MENOPAUSAL DE BLATT-KUPPERMAN (IMBK) E DO FEMALE SEXUAL FUNCTION INDEX (FSFI). PARA ANÁLISE DOS DADOS FOI REALIZADA ESTATÍSTICA DESCRITIVA (MÉDIA E DESVIO PADRÃO), FEITO O TESTE DE CORRELAÇÃO DE SPEARMAN E APLICADO O STATISTICAL PACKAGE FOR THE SOCIAL SCIENSES (SPSS), COM ADOÇÃO DE NÍVEL DE SIGNIFICÂNCIA P<0,05. RESULTADOS: DAS 13 MULHERES AVALIADAS, FOI IDENTIFICADO MÉDIA ETÁRIA DE 57,31 ANOS ± 5,38. A MAIORIA (53,8%) APRESENTOU SINTOMATOLOGIA CLIMATÉRICA DE INTENSIDADE LEVE. O INDICATIVO DE RISCO DE DISFUNÇÃO SEXUAL ESTEVE PRESENTE EM 84,61% DAS PARTICIPANTES. HOUVE CORRELAÇÃO SIGNIFICATIVA DE ALGUNS ITENS ENTRE O IMBK E FSFI. CONCLUSÃO: O ESTUDO REVELOU QUE OS SINTOMAS DO CLIMATÉRIO PODEM INFLUENCIAR DE MANEIRA NEGATIVA A FUNÇÃO SEXUAL EM MULHERES DE MEIA-IDADE.

Veja o artigo completo: PDF