Resumo Trabalho

ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL: POSSIBILIDADES E DESAFIOS DO SUS

DALIA ELENA ROMERO

A mudança no perfil demográfico e epidemiológico da população impõe cada vez mais desafios para a o sistema de saúde brasileiro. Com a crescente expectativa de vida, o acelerado envelhecimento populacional e as mudanças no perfil de agravos que mais acomentem a população, o sistema de saúde vê-se diante da necessidade de adaptação do modelo de atenção. No entanto, se o país já tinha problemas para consolidação do SUS num panorâma financeiramente mais favorável, a situação se agrava ainda com os cortes de recursos e desvalorização da saúde pública numa perspectiva neoliberal. O subfinanciamento do sistema de saúde, a desestruturação da Atenção Básica e do modelo proativo de atenção à saúde vão em direção contrária às novas demandas que surgiram em razão das transições epidemiológica e demográfica. Tendo em vista este cenário, este trabalho apresenta, de forma exploratória, as principais possibilidades e desafios que o SUS enfrenta para se consolidar como forma eficiente de atenção à saúde da pessoa idosa no contexto atual. Os três principais eixos foram a identificação de modelos eficientes de organização dos serviços de saúde para lidar com os desafios do envelhecimento populacional e transição epidemiológica na literatura, seleção de indicadores de efetividade do SUS no manejo da saúde do idoso e análise dos impactos das principais medidas para a saúde adotadas a partir de 2016.

Veja o artigo completo: PDF