Resumo Trabalho

ANTÍGENO PROSTÁTICO ESPECÍFICO PARA AVALIAÇÃO DO CÂNCER DE PRÓSTATA EM UM GRUPO DE IDOSOS

KARLA GOMES CUNHA, RAQUEL COSTA E SILVA e orientado por JOSIMAR DOS SANTOS MEDEIROS

NO BRASIL, EXCETUANDO-SE OS TUMORES DE PELE, O CÂNCER DA PRÓSTATA É O MAIS INCIDENTE ENTRE OS HOMENS EM TODAS AS REGIÕES DO PAÍS. ENTRE OUTROS FATORES, O AUMENTO DA EXPECTATIVA DE VIDA LEVOU A UM AUMENTO DAS TAXAS DE INCIDÊNCIA AO LONGO DOS ANOS, JÁ ESTA NEOPLASIA ACOMETE MAIS PACIENTES IDOSOS. O RASTREAMENTO DO CÂNCER DE PRÓSTATA PODE SER FEITO COM A ANÁLISE DOS NÍVEIS DO ANTÍGENO PROSTÁTICO ESPECÍFICO. ESTE É UM TRABALHO DESCRITIVO E EXPLORATÓRIO, REALIZADO POR MEIO DE UMA PESQUISA DE CARÁTER QUANTITATIVO POR MEIO DE ACESSO AOS REGISTROS DE PACIENTES DO SEXO MASCULINO QUE REALIZARAM EXAMES PARA RASTREAMENTO DO CÂNCER DE PRÓSTATA EM UM LABORATÓRIO PARTICULAR DA CIDADE DE LAGOA SECA-PB, DURANTE A CAMPANHA “NOVEMBRO AZUL”, NOS MESES DE NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2018. FORAM ANALISADOS 133 LAUDOS DE PACIENTES QUE REALIZARAM EXAME PARA RASTREAMENTO DO CÂNCER DE PRÓSTATA NOS MESES DE NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2018. MAIS DE UM TERÇO DOS INDIVÍDUOS POSSUÍA IDADE IGUAL OU SUPERIOR A 60 ANOS. DOS PACIENTES QUE APRESENTARAM ALTERAÇÕES NO EXAME DE PSA, 70% TINHAM 60 ANOS OU MAIS. AS CAMPANHAS REALIZADAS PELO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS) TAIS COMO O “NOVEMBRO AZUL” PODEM GERAR UMA MAIOR CONSCIENTIZAÇÃO POR PARTE DOS PACIENTES EM PRIORIZAR A SAÚDE PESSOAL E PREVENIR DOENÇAS GRAVES, COMO É O CASO DO CÂNCER DE PRÓSTATA, ESPECIALMENTE EM PACIENTES IDOSOS.

Veja o artigo completo: PDF