Resumo Trabalho

IDOSO COM SÍNDROME DE MARFAN: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM BASEADA NA TEORIA DE IMONEGE KING

CARLOS JORDÃO DE ASSIS SILVA, SANDRA LÚCIA DIAS NUNES e orientado por ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONÇA e orientado por ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONÇA

A Síndrome de Marfan (SM) é uma doença autossómica dominante do tecido conjuntivo, que se manifesta nos mais diversos sistemas orgânicos do corpo humano. Por isso, o cuidado ao idoso com Síndrome de Marfan deve ser realizado por profissionais de enfermagem capacidados com olhar clínico e poder de análise, pensamento critico, e poder de diagnóstico/tomada de decisões com base em um modelo de cuidado, fundamentado no Processo de Enfermagem baseado nas Teorias de Enfermagem. Trata-se de um estudo qualitativo, descritivo do tipo relato de experiência, com o objetivo de descrever a aplicação do Processo de Enfermagem baseado no Modelo Conceitual de Sistemas Abertos ao idoso com Síndrome de Marfan. O papel da enfermagem no cuidado ao idoso com a Síndrome de Marfan deve ser individualizado. Neste caso foram identificados sinais e sintomas específicos no paciente; como, ansiedade gerada pela espera da endoprótese para correção do aneurisma de aorta. O enfermeiro e sua equipe devem ver o paciente de forma holística, não focando apenas na enfermidade, mas também as consequências desta nas mais diversas esferas que compõem o ser humano, intervindo nos sistemas pessoal, interpessoal ou social, juntamente com o paciente para melhora da qualidade de vida deste indivíduo.

Veja o artigo completo: PDF