Resumo Trabalho

A IMPORTÂNCIA DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE NO ENVELHECIMENTO ATIVO

RICARDO CASSIANO DA SILVA NASCIMENTO, ALANNA THEREZA DE FARIAS CARVALHO, PRISCILLA YEVELLIN BARROS DE MELO e orientado por WEZILA GONÇALVES DO NASCIMENTO

INTRODUÇÃO: A ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA (ESF) BUSCA REORIENTAR O MODELO DE ATENÇÃO À SAÚDE AO APROXIMAR OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE À COMUNIDADE, É AINDA UM IMPORTANTE SERVIÇO DENTRO DA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE QUANDO SE REFERE À ATENÇÃO E ASSISTÊNCIA À PESSOA IDOSA. NESTA PERSPECTIVA A ATUAÇÃO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ACS NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA É DE GRANDE IMPORTÂNCIA, UMA VEZ QUE REPRESENTA O ELO ENTRE POPULAÇÃO E SERVIÇO DE SAÚDE, TEM O PERFIL DOS IDOSOS DA ÁREA, RECONHECE OS IDOSOS COM MAIS FRAGILIDADES, ALÉM DE PROMOVER ORIENTAÇÃO, PREVENÇÃO E PROMOÇÃO DE SAÚDE DENTRO DO DOMICILIO DO IDOSO. CIENTE DE QUE O ENVELHECIMENTO POPULACIONAL É CONSIDERADO UM AVANÇO, MAS QUE PARA OFERECER UMA ATENÇÃO E ASSISTÊNCIA QUALIFICADA A PESSOA IDOSA É NECESSÁRIO QUE TODA EQUIPE ESTEJA HABILITADA PARA OFERECER ESSES CUIDADOS A ESSA FAIXA ETÁRIA DA POPULAÇÃO. O OBJETIVO DESTE ESTUDO É DESCREVER A EXPERIÊNCIA VIVENCIADA POR UM ACADÊMICO DE ENFERMAGEM DURANTE A REALIZAÇÃO DA VISITA DOMICILIAR COM O ACS À IDOSOS ACAMADOS E/OU RESTRITOS AO DOMICÍLIO. METODOLOGIA: TRATA-SE DE UM RELATO DE EXPERIÊNCIA VIVENCIADO PELOS AUTORES SOBRE A IMPORTÂNCIA DA VISITA DOMICILIAR DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE AOS IDOSOS RESTRITOS NO DOMICILIO COMO MANEIRA DE GARANTIR A ASSISTÊNCIA À SAÚDE E VÍNCULO DA PESSOA IDOSA À UNIDADE DE SAÚDE. ESTA EXPERIÊNCIA ACONTECEU NO PERÍODO DE JANEIRO A MAIO DE 2019 DURANTE UM ESTÁGIO EXTRACURRICULAR, NÃO OBRIGATÓRIO EM UNIDADE DE SAÚDE DE UM MUNICÍPIO DE MÉDIO PORTE. TRATA-SE DE UM OLHAR QUALITATIVO, QUE ABORDOU A PROBLEMÁTICA DESENHADA A PARTIR DE MÉTODOS DESCRITIVOS E OBSERVACIONAIS. UTILIZOU-SE DAS SEGUINTES TÉCNICAS DE COLETA DE DADOS: DIÁRIO DE ESTÁGIO, OBSERVAÇÃO ESTRUTURADA (PESQUISADOR PARTICIPANTE), PARTICIPAÇÃO NAS ATIVIDADES CLÍNICAS/GERENCIAIS. DESENVOLVIMENTO: NA EQUIPE DE SAÚDE O AGENTE COMUNITÁRIO É PEÇA FUNDAMENTAL ENTRE POPULAÇÃO E SERVIÇO DE SAÚDE, TRAZENDO ÀS DEMANDAS RELACIONADAS À SAÚDE DA FAMÍLIA A FIM DE TRAÇAR ESTRATÉGIAS PARA ORIENTAR E ESTABELECER AS AÇÕES COMO: ESQUEMA VACINAL; CONSULTAS; ACOMPANHAMENTO; ORIENTAÇÕES E O CUIDADO CONTINUADO. ALÉM DISSO, DISCUTE SOBRE OS HÁBITOS DE VIDA PARA PROMOVER O ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL E A MANUTENÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL. RESULTADOS E DISCUSSÃO: A CONVIVÊNCIA COM OS AGENTES DE SAÚDE REALIZANDO VISITA DOMICILIAR AOS IDOSOS RESTRITOS NO LEITO PERMITIU COMPREENDER A MAGNITUDE DO TRABALHO REALIZADO, O DIÁLAGO ENTRE AS PARTES PARA A BUSCA DE SOLUÇÕES E AINDA UMA REFLEXÃO DE COMO ESSES IDOSOS QUE RECEBEM ESSA ASSISTÊNCIA ESTARIAM NA AUSÊNCIA DESSE SERVIÇO. DIANTE DE TANTOS PROBLEMAS ENCONTRADOS COMO: ALIMENTAÇÃO INCIPIENTE, HIGIENIZAÇÃO PRECÁRIA, FALTA DE ILUMINAÇÃO E VENTILAÇÃO, FALTA DE MEDICAMENTOS, DEMORA NA AUTORIZAÇÃO DE EXAMES, LEITOS NÃO APROPRIADOS É NECESSÁRIO DESENVOLVER UM TRABALHO VOLTADO PARA PRÁTICA HOLÍSTICA, NÃO BIOLOGICISTA CENTRADA NA SINGULARIDADE DA PESSOA IDOSA. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O ACS SERÁ SEMPRE A FERRAMENTA PRINCIPAL PARA ESTIMULAR A PARTICIPAÇÃO DE SUA COMUNIDADE EM AÇÕES QUE VISEM À MELHORIA DOS HÁBITOS ALIMENTARES E DE SAÚDE PARA UM ENVELHECIMENTO ATIVO BEM SUCEDIDO.

Veja o artigo completo: PDF