Resumo Trabalho

INCUBADORA TECNOLÓGICA E O APOIO À MULHER IDOSA EMPREENDEDORA NO MUNICÍPIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES

NILZA FRANCO PORTELA , MÁRCIA REGINA PACHECO SOARES, LEA SANDRA RISSE, FERNANDA GONÇALVES FERNANDES e orientado por ROSALEE SANTOS CRESPO ISTOE e orientado por ROSALEE SANTOS CRESPO ISTOE

Uma das consequências da nova estrutura da população brasileira é o aumento do número de idosos em atividades laborais na informalidade. Nesse cenário, tem se destacado como espaço de apoio e suporte aos empreendedores as Incubadoras Tecnológicas e a Economia Solidária. Nesse sentido, o presente estudo teve como objetivo investigar qual foi o tipo de apoio com maior impacto na constituição do processo empreendedor, através das experiências da Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Populares (ITEP) da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), situada em Campos dos Goytacazes, Estado do Rio de Janeiro. Este estudo foi desenvolvido a partir de uma pesquisa aplicada, seguindo uma abordagem qualitativa de natureza exploratória e descritiva. Para o alcance dos objetivos além dos dados qualitativos levantados através de formulário e entrevistas foi realizado um levantamento bibliográfico para embasar a argumentação. O universo deste estudo foi constituído por mulheres com 60 anos ou mais de idade, participantes do Programa de Economia Solidária da Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Populares (ITEP/UENF). Os resultados apontaram que as idosas consideram como importante o conjunto de assistência e apoio oferecido a elas durante todo o processo, porém destacam a qualificação profissional e novas técnicas de produção como fator de suma relevância.

Veja o artigo completo: PDF