Resumo Trabalho

IMPACTOS DO PROJETO DE TRANSPOSIÇÃO DO SÃO FRANCISCO PARA A AGRICULTURA IRRIGADA

GETÚLIO PAMPLONA DE SOUSA, EMMANUELLA FAISSALLA ARAUJO DA SILVA, JOAB DAS NEVES CORREIA, LARYSSA DE ALMEIDA DONATO e orientado por JOSÉ IRIVALDO ALVES DE OLIVEIRA SILVA e orientado por JOSÉ IRIVALDO ALVES DE OLIVEIRA SILVA

O projeto da transposição do São Francisco pretende aumentar a oferta hídrica para múltiplos usos em parte da região semiárida. Entre os benefícios esperados, inclui-se a dinamização da agricultura irrigada. Neste sentido, o trabalho objetiva avaliar as perspectivas de desenvolvimento da agricultura irrigada no Nordeste setentrional com a chegada das águas da transposição. Como procedimentos utilizados para a realização do estudo utilizou de procedimentos bibliográficos e de sites disponíveis na internet especializados no tema, bem como a análise de dados e documentos disponíveis nos sites públicos. Através deste estudo chegamos à conclusão que o projeto pretende aumentar a oferta hídrica para múltiplos usos, inclusive na ampliação considerável nas áreas irrigadas nas bacias receptoras da transposição, mas depara com algumas limitações, considerando-se que o processo de irrigação de culturas agrícolas é a atividade de maior consumo de água. E, ainda existe a reclamação por parte das populações ribeirinhas da bacia doadora quando cobram políticas públicas voltadas para a revitalização do rio e a promoção de irrigação em áreas cultiváveis ao longo do curso do rio. Palavras-chave: Agricultura irrigada; políticas públicas; desenvolvimento.

Veja o artigo completo: PDF