Resumo Trabalho

CAPTAÇÃO DE ÁGUA DA ATMOSFERA: UMA ALTERNATIVA SUSTENTÁVELPARA MITIGAR A ESCASSEZ HÍDRICA EM REGIÕES ÁRIDAS.

MARILIA ZULMIRA SENA DE SOUZA ANDRADE , LAZARO RAMOM DOS SANTOS ANDRADE e orientado por ROSIRES CATÃO CURI e orientado por ROSIRES CATÃO CURI

A água é um recurso de importância imensurável e de múltiplas utilidades para a população, porém ao longo dos anos vem sendo utilizada de forma irracional, tornando-se escassa para a maioria das regiões. Na tentativa de minimizar parte dos problemas de escassez hídrica, principalmente em regiões áridas do mundo, varias técnicas foram desenvolvidas como a dessalinização, e a captação de água da atmosfera, medidas viáveis para vários países, onde a maior parte da população vive em condições de extrema necessidade no que tange o abastecimento de água potável. O presente trabalho tem como objetivo analisar as técnicas existentes de captação da água da atmosfera, avaliando seu potencial como medida mitigadora de escassez hídrica em regiões que sofrem com as grandes estiagens como o semiárido brasileiro.A coleta de dados foi realizada no período de dezembro de 2016, a partir de pesquisas nos sites das patentes, já que essas técnicas por serem novas, ainda não foram utilizadas em pesquisas acadêmicas. Analisando essas técnicas de obtenção de água através da atmosfera é possível observar que o melhor sistema de captação para o Nordeste Brasileiro sem dúvida está no Warka Water, que capta água da atmosfera em quantidades até razoáveis, mesmo na ausência de chuvas. Trata-se de um sistema simples, economicamente viável, já que é produzido a partir de materiais biodegradáveis e capta por dia em torno de 100 litros. O Brasil, em especial o Nordeste, necessita de mais tecnologias e investimentos por parte do poder público para mitigar os efeitos da crise hídrica que enfrenta ao longo dos anos, garantindo assim melhores condições de vida a população.

Veja o artigo completo: PDF