Resumo Trabalho

A ÁGUA COMO UM MECANISMO FACILITADOR PARA AS LAVADEIRAS DO OLHO D’ÁGUA DA BICA EM CUITÉ-PB

KARLA SAMANTHA CAVALCANTI DE MEDEIROS, LARISSA LANAY GERMANO DE QUEIROZ , CAMILA PACHECO DA SILVA

A água é provavelmente o único recurso natural que tem a ver com todas as particularidades da sociedade. Mais que um recurso para a produção, ela é essencial para a manutenção da natureza envolvendo e atuando também na manutenção de ecossistemas. Então, pela qualidade de vida hoje e pela sobrevivência das futuras gerações, é preciso preservar os mananciais, reestabelecer rios poluídos, da mesma forma que incentivar uma educação ambiental e um uso consciente da água. A referente pesquisa foi realizada no período de duas semanas durante o mês de julho de 2017, no munícipio de Cuité, região do Curimataú Paraibano no sítio Horto Florestal Olho D’água da bica. É uma área rica de recursos, onde a água origina-se de uma nascente natural abastecendo tanto o recinto da lavanderia, que foi construído completamente de cimento, divididos particularmente com torneiras individuais para empregar as atividades de lavagem de roupas, quanto a Universidade Federal de Campina Grande, campus Cuité. Diante disso, foram entrevistadas lavadeiras de roupas que frequentam o local (totalizando 6 mulheres). Para conseguintes resultados foi aplicado um questionário estruturado com 5 (cinco) questões, enfatizando a utilização da água para as atividades supracitadas. A pesquisa analisada teve caráter qualitativo facilitando assim, as discussões dos resultados. Na primeira questão exposta no questionário, relacionada a importância da água mediante a atividade da lavagem de roupa, pode-se notar que esse recurso é de grande valor para as atividades desenvolvidas por elas.A segunda questão abordava os métodos de captação utilizados por essas mulheres nas suas casas, diante disso, a maioria delas utilizam baldes e tanques para obtenção da água. No quesito três foram expostas respostas relacionadas com os problemas que a falta de água da cidade de Cuité influenciam nas atividades das lavadeiras. Diante disso, as secas são caracterizadas tanto pela ausência e escassez quanto pela alta variabilidade espacial e temporal das chuvas. Não é rara na história da região a sucessão de anos seguidos de secas.Em referência a água mais utilizada por elas foram indicadas a água do Olho D’água da Bica, a água da chuva e a água de poço como fontes para uso na lavagem das roupas e serviços domésticos.Por meio da aplicação do questionário, pode-se notar que a água do Olho D’água da Bica é de extrema relevância tanto para Universidade Federal de Campina Grande que a utiliza para todo o funcionamento de saneamento básico quanto para as lavadeiras que torna o local uma atribuição do seu dia a dia, usufruindo assim desse mecanismo imprescindível nas suas atividades domésticas. Desse modo, se faz necessário a conservação desse ambiente, já que para a cidade de Cuité representa um patrimônio hídrico e cultural.

Veja o artigo completo: PDF