Resumo Trabalho

PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS DE ÁGUAS DE POÇOS LOCALIZADA NA REGIÃO DO CURIMATAÚ PARAIBANO

FRANCISCO CARLOS DE MEDEIROS FILHO e orientado por GUSTAVO FABIÁN VELARDEZ e orientado por GUSTAVO FABIÁN VELARDEZ

Na região do Curimataú Paraibano, a população das cidades e da zona rural, usam água em diferentes fontes, tanto para consumo humano como para as tarefas rurais, e portanto, conhecer a qualidade d’água consumida é muito importante. Neste trabalho mostra-se que há uma grande variedade na dureza d’água, pH e Condutividade elétrica em diferentes cidades na Paraíba, situadas nos arredores de Cuité e Sossêgo. Determinar a concentração de cátions metálicos em amostras d’água em diferentes fontes da região do Curimataú Paraibano foi o nosso objetivo. As amostras coletadas na cidade de Sossêgo (poços I e II) apresentam maiores durezas d’água, entre 31300 e 23200 ppm, como também altas concentrações de Na+ (7478 e 2150 ppm). As concentrações de K+ dessas amostras são 676 e 218 ppm respectivamente. As amostras de poços diferentes da cidade de Cuité (poços I e II) têm diferentes durezas d’água. O poço I tem |CaCO3| = 2360 ppm e o poço II tem |CaCO3| = 450 ppm. As concentrações de K+ são 60 e 14 ppm respectivamente. Das quatro amostras utilizadas, a amostra de Cuité II é a mais apropriada para consumo, mas não as amostras de Sossêgo I e II, e Cuité I, de acordo ao MS. A pesquisa é relevante, pois trás informações acerca da qualidade da água na região do Curimataú Paraibano para o consumo humano e/ou uso industrial.

Veja o artigo completo: PDF