Resumo Trabalho

REUSO DE EFLUENTE TRATADO EM SOLO DE ÁREA DEGRADADA VISANDO A MELHORIA DE SEUS ATRIBUTOS

MARCOS HENRIQUE GOMES RIBEIRO e orientado por ELIZABETH AMARAL PASTICH GONÇALVES e orientado por ELIZABETH AMARAL PASTICH GONÇALVES

O crescimento da população e da economia mundial tem aumentado a demanda por recursos naturais, em especial por recursos hídricos. Cada vez mais, existe a necessidade de se prover água em quantidade e qualidade adequadas para suprir as demandas da sociedade. A qualidade da água é determinada pelo uso para o qual é destinada, sendo preferível resguardar as águas de qualidade superior para fins mais nobres como abastecimento doméstico, e desde que possível, utilizar águas de reuso para usos que admitam águas de qualidade inferior como a irrigação. A irrigação é, a nível mundial, o setor que mais contribui para o aumento da demanda de água, tendo em vista a necessidade de aumento da produção agrícola de forma a suprir o aumento da população mundial com alimentos e insumos agrícolas. O esgoto tratado constitui uma alternativa viável e sustentável de substituição da água potável para usos menos nobres e que exijam água com menor padrão restritivo. Este trabalho tem por objetivo analisar a melhoria dos atributos de um solo degradado a partir da aplicação de efluente proveniente de lagoa de maturação com o uso de colunas de solo. Os resultados obtidos se mostraram favoráveis já que foi observada grande capacidade de remoção DQO e diminuição na concentração de coliformes termo tolerantes no lixiviado proveniente das colunas de solo em relação ao efluente bruto. Em relação à capacidade nutritiva do solo, foi observado aumento na concentração de nutrientes analisados após a passagem do efluente lixiviado, em especial nas concentrações de fósforo.

Veja o artigo completo: PDF