Resumo Trabalho

VEREDAS DO SEMIÁRIDO CEARENSE: O FOMENTO AO GEOTURISMO NO PARQUE ESTADUAL DAS CARNAÚBAS

HERMÓGENES HENRIQUE OLIVEIRA NASCIMENTO

Este trabalho objetiva analisar o potencial ecoturístico do Parque Estadual das Carnaúbas, localizado no município de Granja, aproximadamente 365 km de Fortaleza, buscando contribuir com o registro, valorização e conservação da sua geodiversidade a partir da proposta de uma trilha para o fomento do uso público na Unidade de Conservação (UC). A pesquisa na região da UC buscou comprovar que existem importantes serviços ambientais prestados pela Serra de Ubatuba e das Flores, que detém as maiores áreas de vegetação primitiva e de transição de ecossistemas. Essas áreas incluem a vegetação composta predominantemente de caatinga oriunda do sertão semiárido, mata seca composta pela vegetação que parte do sertão em direção a serra e mata úmida, composta de fragmentos de mata atlântica e floresta amazônica, que ao alcançarem o platô e encontrar o cerrado acabam evidenciando a transição de 04 (quatro) ecossistemas ampliando a possibilidade de espécies endêmicas. Para tanto, a metodologia adotada se baseou no estudo por documentação indireta e direta, caracterizando-se de cunho qualitativo. Dando continuidade, foram elaborados os mapas empregados na pesquisa (área de estudo, localização do geopatrimônio, alvo de conservação e geomorfologia), os quais foram elaborados com a supervisão de um especialista em geoprocessamento, tendo como referência a base cartográfica obtida durante a pesquisa documental e imagens de satélite do Google Earth. Com a análise de campo foi possível apresentar um roteiro de geoturismo composto de uma trilha para o Parque, abordando além de atrativos geológicos, toda a evolução histórico-cultural da região. Por fim, constatou-se que, se realizada de forma sustentável, a integração do geoturismo com as demais modalidades de turismo, conjuntamente com as atividades ambientais do Parque pode representar um grande desenvolvimento econômico regional, além da preservação dos ecossistemas locais.

Veja o artigo completo: PDF