Resumo Trabalho

DETECÇÃO DE MUDANÇAS DO SOLO E DA VEGETAÇÃO NO BAIXO SÃO FRANCISCO

DOUGLAS ALBERTO DE OLIVEIRA SILVA, SYMONNE PEREIRA FERNANDES , TELLIANE SANTOS SALGUEIRO SILVA, WELLINGTON MANOEL DOS SANTOS

A quantificação e espacialização da degradação na superfície é um elemento muito valioso no planejamento de atividades agrícolas e no gerenciamento dos recursos hídricos de uma bacia hidrográfica. Alterações da superfície, em diversos biomas trazem grandes implicações ao conforto humano e animal. Neste sentido, o monitoramento das mudanças da superfície através de imagens orbitais possibilita identificar a antropização de grandes áreas e seus impactos ambientais. O objetivo desse estudo foi estimar as mudanças ocorridas em área de vegetação de caatinga e área antropizada no -PE. Foram utilizados duas imagens orbitais do satélite Landsat-8, no período de 2013 e 2015. Gerou-se cartas temáticas expressando a variabilidade dos parâmetros de albedo da superfície, temperatura de superfície, NDVI e SAVI. Os resultados mostraram aumento no albedo da superfície e diminuição no NDVI, corrigidos os efeitos atmosféricos para todas as áreas amostrais. houve aumento na temperatura da superfície, evidenciando que houve avanço na degradação dos recursos naturais, da area estudada. Conclue-se que o albedo, Tsup, NDVI, e SAVI identificaram de forma efetiva a variabilidade do uso e ocupação do solo da area estudada.

Veja o artigo completo: PDF