Resumo Trabalho

EMPREGO DA AUTOMAÇÃO E INTERNET DAS COISAS NA GESTÃO DE RECURSOS HIDRICOS PARA A AGRICULTURA

ERIC GUIMARAES BARBOSA, RAFAEL MATEUS CARVALHO DE PAIVA, JANDILSON ALMEIDA BANDEIRA, KAIO VÍTOR GONÇALVES DE FREITAS e orientado por TAMIRES DOS SANTOS PEREIRA e orientado por TAMIRES DOS SANTOS PEREIRA

O desperdício de água e recursos energéticos por consequências da má gestão de recursos hídricos desencadeia problemas ainda mais acentuados nas regiões do semiárido brasileiro. O emprego de tecnologias na Agricultura de Precisão, que consiste na tecnologia de informação baseada no princípio da variabilidade do solo e clima assessorado por sistemas de sensoriamento remoto podem, por exemplo, irrigar plantações apenas com a quantidade de água necessária para um melhor resultado, pode se basear na qualidade do solo, previsão de tempo, condições de umidade e temperatura, sazonalidade, etc. Conectando um sistema à bancos de dados de previsão de tempo e sensoriamento local, um sistema pode evitar uma irrigação desnecessária ou diminuir o uso de água, se prever que virá uma chuva por exemplo, ainda pode alertar sobre possíveis problemas e previsões para que medidas possam ser adotadas, todas essas informações interligadas podem ficar disponíveis na internet ao toque de um Smartphone.

Veja o artigo completo: PDF