Resumo Trabalho

DINÂMICA DO OXIGÊNIO DISSOLVIDO NA COLUNA D’ÁGUA DE PISCICULTURA EM TANQUE REDE EM AÇUDE DO SEMIÁRIDO

MARIA IRLA BEZERRA DIAS e orientado por HÊNIO DO NASCIMENTO MELO JÚNIOR e orientado por HÊNIO DO NASCIMENTO MELO JÚNIOR

Dentre os gases dissolvidos na água, o oxigênio (O2) é um dos mais importantes na dinâmica e na caracterização de ecossistemas aquáticos, em meio a isso o presente estudo teve como objetivo compreender a dinâmica do oxigênio dissolvido na coluna de água. O estudo ocorreu no açude Ubaldinho em Cedro-CE, as coletas foram realizadas nos dias 26 e 27 de maio de 2016, em dois pontos, controle e piscicultura, iniciando as 13h00min e concluindo as 07h00min, em intervalos de 3 horas, foram coletadas amostras no epilimnio (1m), metalímnio (4m) e no hipilímnio (8m), foram realizadas as seguintes análises: Oxigênio dissolvido com sonda multiparamétrica HI9146; e velocidade do vento com anemômetro ITAN-700. No grupo controle o epilímnio variou entre 7,07mg/L às 16:00h e 5,48mg/L às 04:00h, o metalímnio entre 6,5mg/L ás 13:00h e 5,5mg/L às 04:00h e o hipolímnio entre 5,33mg/L às 13:00h e 3,32mg/L às 07:00h. Na piscicultura o epilímnio variou entre 6,6mg/L às 16:00hs e 4,17mg/L às 04:00hs, o metalímnio entre 5,51mg/L ás 13:00hs e 3,56mg/L ás 16:00hs e o hipolímnio 2,2mg/L e 0,75mg/L respectivamente nos horários de 16:00hs e 04:00hs. O açude Ubaldinho apresentou predominância da estratificação química nos dois pontos, com hipolímnio evidenciando depleção de oxigênio dissolvido no grupo controle e hipóxia na piscicultura.

Veja o artigo completo: PDF