Resumo Trabalho

ANÁLISE DO ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO DA REGIÃO GEOADMINISTRATIVA DE POMBAL-PB ATRAVÉS DA GERAÇÃO DE ISOEITAS

JOSÉ RONILDO DA SILVA, PRISCILLA GOMES BARBOSA, ADRIELLY RODRIGUES DE SALES , SILÂNIA LIMA PEREIRA e orientado por ÉRICA CRISTINE MEDEIROS MACHADO e orientado por ÉRICA CRISTINE MEDEIROS MACHADO

Objetivou-se com esse estudo, realizar uma análise do índice pluviométrico da Região Geoadministrativa de Pombal-PB. A área de estudo abrange os municípios de Aparecida, Cajazeirinhas, Condado, Lagoa, Paulista, Pombal, São Bentinho, São Domingos e Vista Serrana. O desenvolvimento do estudo foi feito a partir do levantamento da caracterização do índice pluviométrico da região através da interpolação de dados pelo método de isoietas, entre os anos de 2000 a 2016. As cidades de Lagoa, Pombal e Cajazeirinhas são as que possuem índice pluviométrico muito forte, Condado e Vista Serrana obtiveram resultado forte, Aparecida é baixo e São Domingos muito baixo, para o período estudado. Analisando os dados de índice pluviométrico, percebe-se que existe uma forte irregularidade na distribuição das chuvas ao longo dos anos (tempo e espaço), sendo esse, um dos fatores responsáveis pela problemática da escassez hídrica na Região Geoadministrativa de Pombal-PB, trazendo consequências negativas para a produção de alimentos e abastecimento humano e animal. Neste contexto, é evidente a necessidade de um aproveitamento mais eficiente das águas pluviais nessa região, para que o desenvolvimento humano e econômico não seja limitado pela disponibilidade hídrica. Palavras-Chave: Semiárido, Politicas Públicas, Disponibilidade Hídrica.

Veja o artigo completo: PDF