Resumo Trabalho

A PROBLEMÁTICA DA SEMIARIDEZ NO SERTÃO PARAIBANO

SUELLITON ALVES DA SILVA, DANIELA DE MATOS FERREIRA, LUCAS REINALDO DE OLIVEIRA

A semiaridez do sertão é resultante de fenômenos naturais, tendo como exemplo o el niño, podendo os mesmos ser intensificados por causas ou atividades antrópicas e pela ocorrência de periódicas secas. Entre os anos de 1992 e 2012 o Sertão Paraíbano foi uma das regiões do estado mais atingida por estiagens e secas. Um dos principais fatores para ocorrência da seca nessa região é o fato de a mesma estar englobada no semi-árido nordestino, aspecto este que vem influenciando diretamente na falta não apenas de água como também de outros fatores, fazendo-se necessário a intervenção dos governos estadual e federal com a adoção de medidas que tenham como finalidade minimizar essa situação, sendo de fundamental importância o dever da população de cobrar esses órgãos para que essa situação possa ser amenizada. Devido a isso, esse trabalho tem como objetivo, evidenciar a realidade vivenciada por essa região e propor medidas para minimizar os efeitos adversos provocados pela seca na mesma. A área de estudo adotada para este trabalho está inserida no estado da paraíba, com população estimada em 2016 pelo IBGE de 3.999.415 habitantes, sendo utilizado o método com base em pesquisa bibliográfica abordando a realidade e problemática causada pela semiaridez nessa região.

Veja o artigo completo: PDF