Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE DA ÁGUA BRUTA E TRATADA DO AÇUDE SUMÉ, ATRAVÉS DE PARÂMETROS QUÍMICOS.

EUCLIDES MIRANDA SILVA, SÍLVIA MARIA DANTAS e orientado por ILZA MARIA DO NASCIMENTO BRASILEIRO e orientado por ILZA MARIA DO NASCIMENTO BRASILEIRO

O presente estudo teve por finalidade avaliar alguns parâmetros químicos da água bruta do açude de Sumé e da água tratada que é distribuída a população sumeense. Tais amostras foram coletadas diretamente no açude e em dois pontos finais da rede de distribuição. Objetivou-se também, a verificação da adequação dos parâmetros analisados diante da padronização requerida pela legislação vigente, utilizando-se da Portaria 2914/2011 do Ministério da Saúde (MS) e Resolução 357/2005 do CONSELHO NACIONAL DO MEIO-AMBIENTE (CONAMA). Esse trabalho foi desenvolvido no município de Sumé-PB, localizado na Microrregião do Cariri Ocidental paraibano. Para cumprir os objetivos da pesquisa 5 parâmetros, foram monitorados durante o período de janeiro de 2017 a abril de 2017. Os parâmetros químicos analisados foram: pH, cloretos, nitrato, nitrito, dureza. As análises foram realizadas no Laboratório de Qualidade de Águas, do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido (CDSA), da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). A partir da análise dos resultados, concluiu-se que as amostras de água dos pontos amostrais estudados não estão em conformidade com os padrões de potabilidade segundo a Portaria 2914/11 do MS e a Resolução 357/05 do CONAMA. A quantidade de parâmetros em discordância com as legislações reguladoras (CONAMA e MS), destacam-se nas duas primeiras coletas (1ª, 2ª coleta), por estarem submetidos a períodos de secas prolongados e a perderem maior volume de água devido ao efeito da evaporação.Para os valores do parâmetro pH e nitrato, os resultados obedeceram ao VMP em 100%, de acordo com a Portaria 2914/11 do MS e Resolução CONAMA nº 357/2005.

Veja o artigo completo: PDF