Artigo E-book 2: I CONIMAS e III CONIDIS/2019

E-books

ISBN: 978-65-86901-01-6 

Visualizações: 176
PRODUTOS FLORESTAIS NÃO MADEIREIROS: IMPACTOS SOCIOECONÔMICOS E RELAÇÕES COM A CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NA CAATINGA

Palavra-chaves: BIODIVERSIDADE, EXTRAÇÃO, MANEJO, , E-book AT 02: Riquezas Naturais

Resumo

O BRASIL É CONSIDERADO UM PAÍS MEGADIVERSO E APRESENTA A MAIOR BIODIVERSIDADE GLOBAL, ESTIMADA ENTRE 15 A 20% DAS ESPÉCIES DE SERES VIVOS DO PLANETA. ENTRETANTO, GRANDE PARTE DO POTENCIAL DE USO DA FLORA E FAUNA AINDA É DESCONHECIDO. ESPECIFICAMENTE, OS PRODUTOS FLORESTAIS NÃO MADEIREIROS (PFNMS) POSSUEM IMPORTÂNCIA SOCIOECONÔMICA NO PAÍS, MAS SÃO POUCAS AS INFORMAÇÕES SISTEMATIZADAS SOBRE ESSES PRODUTOS, DIFICULTANDO A ELABORAÇÃO DE ESTRATÉGIAS DE CONSERVAÇÃO. O USO SUSTENTÁVEL DA BIODIVERSIDADE TEM RELAÇÕES COM O MANEJO, TECNOLOGIA E DEMANDAS DE MERCADO. NESTE CONTEXTO, A BIODIVERSIDADE DA CAATINGA CONFERE VALORES BIOLÓGICOS E ECONÔMICOS SIGNIFICATIVOS PARA TODO O PAÍS. O PRESENTE ARTIGO TEM COMO OBJETIVO PROMOVER O CONHECIMENTO SOBRE A IMPORTÂNCIA DA CONSERVAÇÃO DAS ESPÉCIES DE RECONHECIDO VALOR ECONÔMICO, IDENTIFICANDO PRÁTICAS DE MANEJO SUSTENTÁVEL NO BIOMA. NESTA REVISÃO, DESTACA-SE QUE O MANEJO SUSTENTÁVEL É UMA FERRAMENTA IMPORTANTE QUE CONTRIBUI COM A CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE SE FOR BEM PLANEJADO E ORIENTADO. É IMPORTANTE SALIENTAR AS ALTERAÇÕES NA QUALIDADE E VALOR DOS PFNMS QUANDO SE USAM O EXTRATIVISMO SUSTENTÁVEL E SE CONHECE AS PARTICULARIDADES DE CADA ESPÉCIE, INCLUINDO ASPECTOS VEGETATIVOS, REPRODUTIVOS E QUÍMICOS. O UMBU E A CARNAÚBA, POR EXEMPLO, SÃO DOIS IMPORTANTES FORNECEDORES DE PFNMS, DENTRO DA REGIÃO NORDESTE, E COM AUXÍLIO DE PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS, CONHECIMENTO CIENTÍFICO E TÉCNICO HÁ POSSIBILIDADES DE OTIMIZAR A EXPLORAÇÃO MANTENDO PRESERVADAS AS POPULAÇÕES NATIVAS DESTAS E OUTRAS ESPÉCIES. SENDO ASSIM, A BUSCA PELO CONHECIMENTO, O PLANEJAMENTO E O MANEJO DOS RECURSOS FLORESTAIS FAVORECEM TANTO A CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE COMO A EXPLORAÇÃO CONTÍNUA DOS PFNMS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.