Artigo Anais VI SETEPE

ANAIS de Evento

ISSN: 2359-2044

Visualizações: 55
A FALTA DE INTERAÇÃO NO PRÁTICA PEDAGÓGICA DO PROFESSOR NO ENSINO BÁSICO

Palavra-chaves: INTERAÇÃO PEDAGÓGICA, AMBIENTES SOCIAIS E VIRTUAIS, PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO. Comunicação Oral (CO) ET4 - Linguagens, tecnologias e práticas pedagógicas e culturais

Resumo

Este estudo pretende analisar o impacto da falta de interação nas práticas pedagógicas do professor de geografia no ensino básico das escolas públicas do interior do RN. Este estudo são os achados das observações feitas referente a disciplina Didática, inserida no componente curricular do curso de Licenciatura em Geografia da UERN/CAMEAM. Foram observadas 16 horas de aulas de Geografia do ensino básico em uma escola pública do município de Pau dos Ferros, com intuito de identificar o estado da arte de ensinar, que é o significado da didática nas escolas do Alto Oeste potiguar. Este estudo ancora-se em Bruner (2001), Freire (1996), Senna (2001), (2003, 2010) e outros. Parte-se do pressuposto que os jovens contemporâneos, nativos de ambientes sociais reais ou virtuais hiperestimulantes, percebem a escola como um ambiente enfadonho e tedioso. Como está revelado nas suas narrativas. E os sujeitos hiperativos de ontem, são os multifocados de hoje, os nativos digitais, que conseguem fazer diversas coisas ao mesmo tempo e aprendem em qualquer lugar, seja em casa, sozinho ou em grupos, virtuais, nas pistas de patins, nos espetinhos das esquinas, porque esses jovens têm em mãos, um elemento preotético, o smartphone, do qual raramente se separam, e disponibilizam uma infinidade de informações. É fato que as escolas observadas não chancelam o uso das mídias móveis para aquisição de informações que, caberia tão somente a instituição escolar transmitir. Assim, fica claro para nós futuros professores de geografia, que temos que chegar às escolas com atitudes, com práticas pedagógicas que promovam interações pedagógicas e não somente repasses de conteúdos, em forma de transmissão de informações.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.