Artigo Anais IV CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

Visualizações: 83
RELATANDO UMA EXPERIÊNCIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: DESAFIOS E POSSIBILIDADES DA REALIZAÇÃO DE UM ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Palavra-chaves: ESTÁGIO SUPERVISIONADO, PRÁTICA, ENSINO FUNDAMENTAL Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola

Resumo

Este texto toma como base a discussão em torno de dois eixos estruturantes para a sua composição: primeiro, o estudo acerca do estágio supervisionado no Ensino Fundamental a partir da aproximação de uma realidade específica, que é: o contexto escolar de uma sala de aula do ensino fundamental, e segundo o desenvolvimento e análise de uma experiência em campo, especificamente a prática docente no ensino fundamental, seus objetivos, suas possibilidades e desafios, compreendendo que o estágio supervisionado é o instrumento possibilitador do estudo da articulação que existe entre a prática e a teoria, tornando-se assim, um elemento de formação docente, e que, dessa forma, se faz importante descrever a nossa experiência de prática docente no contexto do ensino fundamental, que foi realizada em uma instituição da rede privada de ensino que trabalha desde a educação infantil até o ensino fundamental e no ano de 2014, no qual efetuamos o nosso estágio, a sala de aula que realizamos o nosso trabalho estava comportando 26 alunos. E a partir dessa realização, dessa efetivação das atividades do estágio que este possa exercer o seu papel que é de um articulador da teoria a prática na formação. Assim, o estudo sobre o estágio supervisionado articulado com a análise de nossa experiência, possibilitou a sistematização de aspectos fundamentais para o desenvolvimento do trabalho docente, tais como: conexão entre teoria e prática, práxis, prática docente, prática pedagógica, prática de ensino, aula e didática, e compreendendo que esses aspectos estão imbricados ao significado de estágio e exercem influência em nosso estágio, especificamente em nossa experiência que será aqui socializada, a fim de que possamos realizar o exercício de aproximação da teoria com a prática a partir de nossa experiência, relatando como esses dois fundamentos se relacionam especificamente em nosso exercício de estágio, nossa prática docente. De tal modo, para que pudéssemos realizar os objetivos do nosso trabalho, nos baseamos na ideia de uma pesquisa qualitativa que estuda os fenômenos, seus sentidos e seus significados. Portanto, esta experiência possibilitou aproximar-nos com nossa área de atuação, ou melhor, a nossa prática como profissional da educação, pois entendemos que a teoria é algo indissociável a prática, sendo a teoria construída a partir da prática. Por isso se faz tão necessária a nossa passagem pelo estágio, pela experiência de estudar a teoria na academia e ver sua efetivação na prática. Assim, no final do percurso podemos perceber as contribuições desse processo em nossa prática docente como também na nossa formação profissional, pois esta experiência nos mostrou, de fato, que precisamos refletir sempre sobre nossas práticas e nossa atuação dentro da sala de aula, por que esta reflexão influencia significativamente em nosso trabalho.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.